• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LTU5215

Captação e Retenção de Talentos em Turismo

Código: LTU5215    Sigla: CRTT

Ocorrência: 2020/21 - 1S

Área de Ensino: Turismo

Cursos

Sigla Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LTU Aviso n.º 14344/2020, de 18 de setembro 5 ECTS 37,5 134

Horas Efetivamente Lecionadas

LTU2

Teórico-Práticas: 32,00
Seminário: 0,00
Outro: 0,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 2,50
Seminário: 0,20
Outro: 0,33

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Resumo descritivo da unidade curricular
Esta unidade curricular visa apresentar as competências pessoais enquanto ferramentas fundamentais para o sucesso no mercado de trabalho e na vida. A partir de um enquadramento teórico, os alunos serão convidados a realizar dinâmicas de caráter prático, tendo como objetivo a integração do conhecimento pela experiência.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem
1. Adotar as atitudes convenientes a diferentes situações;
2. Saber utilizar as diferentes soft skills;
3. Desenvolver recursos de comunicação;
4. Desenvolver capacidades de trabalho de equipa, networking e resolução de problemas;
5. Estimular o pensamento crítico, capacidade de adaptação e resiliência;
6. Desenvolver competências ao nível da positividade, gestão de tempo e motivação;
7.Compreender os vários conceitos e técnicas relacionadas com a gestão de talentos;
8.Adquirir competências de liderança;
9.Conhecer estratégias para atrair e reter talentos;
10.Compreender a importância da desvinculação e da sucessão associada à gestão de talentos.


Competências a desenvolver
1. Adotar as atitudes convenientes a diferentes situações;
2. Saber utilizar as diferentes soft skills;
3. Desenvolver recursos de comunicação;
4. Desenvolver capacidades de trabalho de equipa, networking e resolução de problemas;
5. Estimular o pensamento crítico, capacidade de adaptação e resiliência;
6. Desenvolver competências ao nível da positividade, gestão de tempo e motivação.

Programa

1. Atitudes e comportamentos
1.1. Atitudes, comportamento e emoções
1.2. Personalidade e identidade
2. Hard Skills e Soft Skills
2.1. Confiança e Influência Emocional
2.2. Comunicação
2.3. Expressão e criatividade
2.4. Trabalho em equipa e networking
2.5. Ética e pensamento crítico
2.6. Positividade e inteligência emocional
2.7. Tomada de decisões e gestão de tempo
2.8. Motivação e flexibilidade
2.9. Resolução de problemas e conflitos
2.10. Capacidade de adaptação e resiliência
3.Competências e talentos
3.1. Modelos
3.2. Gestão de desempenho
3.3. Gestão de carreiras
4. Liderança de talentos
4.1. Coaching
4.2. Inteligência Emocional
4.3. Atração e retenção de talentos
4.4. Estilos de liderança
5. Desvinculação
5.1. Gestão da sucessão
5.2. Outplacement integrado na gestão de talento

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

O programa proposto permite que os alunos adquiram os conhecimentos e desenvolvam as competências previstas nos objetivos na medida em que:
- o tema 1 dá resposta ao objetivo 1, fazendo um enquadramento da temática das atitudes e comportamentos no contexto da gestão do capital humano;
- o tema 2 explora as soft skills, tendo como foco fomentar nos alunos um conjunto de competências e conhecimentos de base para o desenvolvimento de recursos que promovam os seus potenciais no domínio das soft skills fundamentais, a que se propõem os objetivos 2, 3, 4, 5 e 6;
- o tema 3 permite aceder ao objetivo 7, ao contextualizar a gestão de talentos e carreiras.
- o tema 4 dá resposta ao definido nos objetivos 8 e 9, no que se refere a técnicas de liderança e gestão de talentos.
- o tema 5 apresenta conteúdos para alcançar o objetivo 10, e dar atenção à temática da desvinculação.

Bibliografia Principal

Martins, D. e Marques, R. ;). A Gestão do Talento em Organizações da Península Ibérica, Editora RH, 2019
Neves, J., Garrido, M. e Simões, E. ;Manual de competências pessoais, interpessoais e instrumentais : Teoria e Prática, Editora Sílabo, 2015. ISBN: 978-972-618-798-1

Bibliografia Complementar

Berger, L. e Berger, D.;The talent management handbook, NY: McGraw-Hill, 2011
Cascão, F. ;Gestão de competências, do conhecimento e do Talento. , Edições Silabo, 2014
Shayanipour, Z.;, Imani, M. e Karimzadeh, S. ;An Appropriate Model for Talent Management Based On Emotional, Organizational and Cultural Intelligence, Iran Jour. Edu Soc, 1(5),66-7., 2017

Métodos de Ensino

Os conteúdos serão apresentados em aulas expositivas dinâmicas, onde se pretende uma forte participação dos alunos, de forma a promover a comunicação, reflexão e discussão de ideias nas diferentes temáticas. Para tal, serão apresentados exercícios, casos de estudo, vídeos ilustrativos e demais materiais multimédia de suporte. Serão promovidas sessões de natureza técnica/prática (em sala e via plataforma e-learning), sessões de apresentação e discussão de trabalhos.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  37,5
Seminários  Participação Presencial  3
Outras  Projectos  5
Avaliação  Teste/Exame  3
Estudo Autónomo  Estudo  85,5
  Total: 134

Avaliação Contínua

2 Testes escritos 2 x 35%
1 trabalho (submissão plataforma e-learning) 30%


Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação definidos é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.
5. Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final

Prova escrita individual: 100%

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As metodologias consideradas têm em consideração as características da unidade curricular. Apesar de um caráter teórico, o recurso a casos de estudo e outros materiais de suporte, visam contribuir para o alcance dos objetivos da unidade curricular, de um ponto de vista aplicado ou prático.