• EN
  • Ajuda Contextual
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > MGE2103

Economia Monetária e Digital

Código: MGE2103    Sigla: EMDIG

Ocorrência: 2019/20 - 1S

Área de Ensino: Economia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
MGE 29 Aviso nº 9883/2017 6 ECTS 54 160

Horas Efetivamente Lecionadas

MGE1

Teórico-Práticas: 0,00
Orientação Tutorial: 0,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Orientação Tutorial: 0,60

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Ana Sofia Pinheiro Pinto Borges   3,00
Orientação Tutorial Totais 1 0,60
Ana Sofia Pinheiro Pinto Borges   0,60

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Ana Sofia Pinheiro Pinto Borges Regente

Software

Microsoft Office Excel

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Resumo descritivo da unidade curricular:
A envolvente macroeconómica é um constante desafio para qualquer gestor, pois impõe um conjunto de restrições, que sendo fundamentais para as decisões de gestão, não são diretamente controladas pelo mesmo. Como temos bem presente com a atual crise económica e financeira, a alteração inesperada nestas variáveis pode condicionar o sucesso de toda uma estratégia de gestão, sendo fundamental que o gestor tenha a capacidade de antecipar e reagir a essas alterações. Estamos a falar de conceitos tão relevantes como o crescimento do produto, a inflação, o desemprego, a taxa de juro ou a taxa de câmbio.
Isto torna-se particularmente mais relevante num mundo globalizado, onde a internacionalização pode ser decisiva para o sucesso da estratégia da empresa. Como tal, após uma apresentação genérica do sistema financeiro e do conceito de moeda, centraremos a nossa atenção no mercado monetário e no mercado cambial. De seguida, serão analisadas e caracterizadas as consequências da política monetária. Estudaremos também a ocorrência de crises financeiras e as uniões monetárias, onde poderemos abordar as questões da maior importância atual que são a recente crise financeira global e as dificuldades com que se tem deparado a Zona Euro.
Assim sendo, serão abordados os aspetos fundamentais do funcionamento dos mercados monetário e cambial, avaliadas as possíveis consequências da política monetária, e explorada a inovação financeira que tem caracterizado os mercados nas suas variadas vertentes.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem:
O objetivo desta unidade curricular é fornecer aos estudantes um quadro de análise que lhes permita perceber o funcionamento e as interações entre diferentes variáveis e mercados macroeconómicos, o seu impacto no âmbito da gestão de empresas e, portanto, a forma como podem afetar as decisões do gestor. Pretende-se facilitar a compreensão da maioria das relações macroeconómicas, fornecendo aos estudantes ferramentas úteis para analisar a evolução económica passada, presente e a realização de previsões da evolução futura.
O estudo desta unidade curricular revelar-se-á importante na formação de um gestor, quer ao nível do aprofundamento da sua formação académica, quer ao nível do exercício da sua atividade profissional. Em suma, e em termos gerais, os principais objetivos esperados são:
1. dotar os alunos do conhecimento dos aspetos fundamentais e do funcionamento dos mercados financeiros, mais concretamente do mercado monetário e do mercado cambial;
2. descrever o papel da moeda na economia, bem como a sua evolução no formato digital;
3. caraterizar o mercado monetário;
4. analisar e descrever as possíveis consequências da política monetária;
5. perceber o funcionamento do mercado cambial; e
6. entender as crises financeiras e o desempenho da economia atual.

Competências a desenvolver:
No final da unidade curricular, os estudantes deverão ser capazes de:
1. Assimilar a terminologia e linguagem técnica utilizada nos mercados macroeconómicos, com especial relevo para os mercados financeiros internacionais;
2. Interpretar estudos, relatórios e notícias diretamente relacionados com a dinâmica dos mercados macroeconómicos;
3. Interpretar a evolução dos mercados financeiros internacionais e avaliar o seu impacto sobre a empresa;
4. Ter uma visão panorâmica da dinâmica dos mercados financeiros e perceber como capitalizar essa dinâmica em benefício da empresa;
5. Saber interpretar, compreender e discutir a evolução passada, presente e futura do sistema monetário internacional.

Programa

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA MONETÁRIA
1.1 Principais objetivos e o papel na economia
1.2 Revisão dos principais conceitos macroeconómicos

2. VISÃO GERAL DO SISTEMA FINANCEIRO
2.1 Caracterização do sistema financeiro
2.2 Financiamento da economia e o papel dos bancos
2.3 Mercados e instrumentos financeiros
2.4 Intermediários financeiros: funções e tipos
2.5 As instituições monetárias e financeiras
2.6 Sistema Financeiro da Área do Euro
2.7 Regulação do Sistema Financeiro e novas tendências

3. MOEDA
3.1 Conceito
3.2 Funções
3.3 Sistemas de pagamento
3.3.1 Evolução dos sistemas de pagamento
3.3.2 Moeda eletrónica (e-Money)
3.3.3 Moeda eletrónica num ambiente virtual e em venda a retalho
3.3.4 O caso particular da bitcoin
3.4 Medidas de moeda: agregados monetários

4. MERCADO MONETÁRIO
4.1 Procura de moeda
4.1.1 Teoria quantitativa da moeda
4.1.2 Teoria Keynesiana e teorias Neo-keynesianas
4.1.3 Friedman e a Nova Teoria Quantitativa
4.1.4 Visão comparativa entre a abordagem Quantitativa e a Keynesiana
4.2 Oferta de moeda e os bancos centrais
4.2.1 Determinantes da oferta de moeda
4.2.2 Multiplicador monetário
4.2.3 Funções e caracterização dos Bancos Centrais
4.2.4 Caracterização do Sistema Europeu de Bancos Centrais
4.2.5 Agregados monetários

5. POLÍTICA MONETÁRIA
5.1 Definição e caracterização da política monetária
5.2 Instrumentos da política monetária
5.3 Mecanismos de transmissão da Política Monetária
5.4 Política Monetária Única

6. MERCADO CAMBIAL
6.1 Definição e caracterização dos mercados de câmbios
6.2 Taxas de câmbio
6.3 Determinação das taxas de câmbio no longo prazo
6.4 Determinação das taxas de câmbio no curto prazo
6.5 Taxas de câmbio real e taxa de câmbio efetiva

7. CRISES FINANCEIRAS
7.1 Breve evolução das crises financeiras
7.2 Tipos de crises financeiras
7.3 A crise financeira de 2007-2009
7.4 Crise da Dívida Soberana Europeia
7.5 Possíveis fatores de resolução da(s) Crise(s)
7.6 A descrição da economia atual

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

O 1º objetivo é abordado nos capítulos 1 e 2 do programa, onde se descreve a visão do sistema financeiro. O 2º objetivo " descrever o papel da moeda na economia, bem como a sua evolução no formato digital " é explorado no 3º capítulo. O 3º objetivo é tratado no capítulo 4 com a abordagem da procura e oferta de moeda onde se recorre à realização de exercícios práticos. O objetivo 4 ¿analisar e descrever as possíveis consequências da política monetária " é desenvolvido no capítulo 5. O 5º objetivo é abordado no 6º capítulo onde se considera duas óticas temporais: curto e longo prazo. Por último, o 6º objetivo é descrito no capítulo 7º.

Bibliografia Principal

Abreu, Margarida, Afonso, António, Escária, Vítor;Economia Monetária e Financeira, 2ª ed., Escolar Editora, 2012. ISBN: 9789725923511
Mishkin, Frederic S.;Economics of Money, Banking, and Financial Markets, 10ª ed. , Prentice Hall: Boston, 2012. ISBN: 9780132770248

Bibliografia Complementar

Burda, Michael e Wyplosz, Charles ;Macroeconomia: uma visão europeia, 5ª ed., Oxford University Press, 2011. ISBN: 9789896421434 ((tradução: Verlag Dashöfer))
De Grauwe, Paul ;Economics of Monetary Union, 9th ed., Oxford University Press, 2012. ISBN: 9780199605576
Krugman, Paul, Obstfeld, Maurice e Melitz, Marc ;International Economics: theory & policy, 9th ed., Pearson: Addison Wesley, 2011. ISBN: 9780132146654

Observações Bibliográficas

Netgrafia:
Banco Central Europeu: https://www.ecb.europa.eu/ecb/html/index.pt.html
Banco de Portugal, Estatísticas online: http://www.bportugal.pt/EstatisticasWEB/(S(uz54xbfujqbb1e2a4lfk2xvl))/Default.aspx
Banco de Portugal: http://www.bportugal.pt/pt-PT/Paginas/inicio.aspx
Fundo Monetário Internacional: http://www.imf.org/external/index.htm
Reserva Federal Norte Americana: http://www.federalreserve.gov/
Eurostat:
http://epp.eurostat.ec.europa.eu/portal/page/portal/statistics/search_database

Métodos de Ensino

Os conteúdos desta unidade curricular serão expostos maioritariamente através de aulas teórico-práticas onde se apresentarão e discutirão conceitos, metodologias e técnicas, com recurso a bibliografia, textos informativos, transparências e meios audiovisuais. Uma vez que se pretende propiciar a análise e discussão de temas concretos, serão feitas referências a dados estatísticos atuais e a notícias relevantes da imprensa económica, discutindo-as à luz das abordagens teóricas estudadas para melhor integração da matéria nos eventos económicos correntes.

A metodologia de ensino contempla igualmente a realização de um trabalho individual, que visa promover a capacidade de análise e pesquisa de informação e a aplicação dos conhecimentos adquiridos.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Avaliação  Teste/Exame  2
Orientação tutorial  Participação Presencial  9
Estudo  Estudo  104
  Total: 160

Avaliação Contínua

A avaliação contínua incluí três componentes:

1. Dois testes de avaliação contínua (com a ponderação de 20% para o primeiro teste, e de 40% para o segundo teste).
2. Realização de dois relatórios com questões previamente orientadas. Os relatórios abrangem os temas a serem apresentados pelos convidados da Unidade Curricular. Os relatórios serão realizados e enviados através da ISAG elearning platform. Cada relatório tem a ponderação de 10% na nota final (no total esta componente tem a ponderação de 20% na nota final).
3. Realização de trabalho incluído no projeto interdisciplinar, que consiste no seguinte:
a) As unidades curriculares do mestrado envolvidas no trabalho de projeto interdisciplinar são as seguintes: Economia Monetária e Digital e Gestão Estratégica;
b) Este trabalho visará a identificação e análise crítica da envolvente macroeconómica e financeira e da (s) estratégia (s) corporativa (s) de uma empresa, e terá como output um conjunto de recomendações de gestão em tais áreas;
c) Cada grupo terá um máximo de 3 participantes;
d) A metodologia de abordagem do trabalho será a seguinte: (i) numa primeira parte, haverá uma recolha de informação de natureza macroeconómica (integrando os conhecimentos adquiridos na unidade curricular de Economia Monetária e Digital) tendo em conta a natureza da empresa a estudar; (ii) numa segunda parte, será realizado um diagnóstico da situação a análise crítica da(s) estratégia(s) prosseguidas pela empresa e terá como output um conjunto de recomendações de natureza estratégica (de acordo com uma estrutura predefinida e a matéria lecionada na unidade curricular de Gestão Estratégica);
e) A avaliação deste trabalho de projeto terá por base a elaboração de um relatório escrito, e deverá ser entregue via ISAG elearning platform. Cada uma das suas partes será avaliada apenas na respetiva unidade curricular.
f) O trabalho tem a ponderação de 20% na nota final;
g) Embora os trabalhos de grupo sejam abordados em contexto de trabalho de equipa, a avaliação será individualizada. Terá em consideração não só o desempenho da equipa na pesquisa e realização de cada elemento da avaliação, mas também o desempenho de cada elemento na apresentação oral.

Nos termos do Regulamento do Mestrado:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.

2. Nos testes escritos e nos restantes elementos de avaliação é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.

3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.

4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.

5.Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%

Avaliação Final

Teste escrito individual com ponderação de 100% na nota final.

Melhoria de Classificação Final/Distribuída


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

De forma a se atingirem os objetivos descritos anteriormente, as aulas englobam a apresentação de conteúdos teóricos onde se utiliza o programa Microsoft PowerPoint. Na aplicação dos conteúdos lecionados, são disponibilizados aos estudantes casos práticos e exercícios e em formato "PDF". Nos diferentes capítulos também se recorre ao programa Microsoft Excel.