• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LTU5109

Sociologia do Lazer

Código: LTU5109    Sigla: SL

Ocorrência: 2020/21 - 2S

Área de Ensino: Turismo

Cursos

Sigla Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LTU Aviso n.º 14344/2020, de 18 de setembro 4 ECTS 30 106

Horas Efetivamente Lecionadas

LTU1

Teórico-Práticas: 0,00
Outro: 0,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 2,00
Outro: 0,40

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Resumo descritivo da unidade curricular
Esta Unidade Curricular desenvolve um conjunto de temas relacionados com a perspetiva sociológica dos fenómenos do lazer, da cultura e do consumo. Assumindo que o turismo e o lazer estão intimamente ligados, a abordagem centra-se essencialmente na compreensão dos comportamentos de lazer e os seus condicionantes socioculturais e relações com o consumo.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem
Partindo deste pressuposto, os alunos deverão aprofundar conhecimentos e desenvolver competências relativamente aos seguintes aspetos:
1.Estudar os tempos de lazer e as transformações ao longo da história
2.Enquadrar a modernidade e a sua relação com o consumo
3.Conhecer as características da sociedade híper/pós-moderna
4.Analisar e discutir o lazer e o turismo enquanto fenómeno social
5.Analisar o destaque atribuído às práticas de lazer na pós-modernidade
6.Compreender a relação entre lazer, turismo e consumo
7.Identificar a relação entre o lazer, o consumo e os estilos de vida

Competências a desenvolver

O principal objetivo da unidade curricular Sociologia de Lazer é sensibilizar os alunos para o papel do lazer e turismo enquanto fenómeno social. Os alunos deverão ser capazes de analisar a transformação do lazer e do turismo ao longo da sua história, interpretar o seu sentido na atualidade e conseguir fazer projecções relevantes sobre o futuro.
Será igualmente importante a capacidade de brainstorming e colaboração no contexto de trabalho em grupo, na investigação de interrelações entre o lazer, o consumo e os estilos de vida. Finalmente, espera-se que os alunos conheçam e compreendam as práticas de lazer na pós-modernidade, e a importância da dimensão social da sustentabilidade no turismo.

Programa

1.Tempos e espaços de lazer
1.1.Tempo livre e tempo liberto
1.2.Evolução histórica do lazer
2. Modernidade e Industrialização
2.1.O lazer na modernidade e a produtividade
3.Produção, capitalismo e consumo
4.Ócio, lazer e trabalho: consumos e estilos de vida
4.1.Híper/Pós-modernidade
4.2.Lazer, turismo e consumo
4.3 Motivações do turismo 

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

O programa proposto permite que os alunos ganhem os conhecimentos e desenvolvam as competências previstas nos objetivos, na medida em que:
- o tema 1 dá resposta ao objetivo 1, já que apresenta a evolução histórica do lazer;
- o tema 2 e 3 vai ao encontro do proposto nos objetivos 2 e 3, que tem como foco a caracterização da modernidade e apresentar relação com o processo de consumo;
- o tema 4 apresenta conteúdos que respondem ao objetivo 4, de analisar e discutir o lazer e a sua importância na atualidade 

Bibliografia Principal

Mauro Dujmovi¿, Aljoša Vitasovi¿;Postmodern Society and Tourism Journal of Tourism and Hospitality Management Vol. 3, No. 9-10, 192-203 , 2015. ISBN: doi: 10.17265/2328-2169/2015.10.003
Lipovetsky, G.;Da leveza ¿ Para uma civilização do ligeiro. Lisboa: Edições 70. , 2016

Bibliografia Complementar

Lipovetsky, Gilles, Charles, Sebastien;Hypermodern Times, Wiley, 2005
Bauman, Z.;Amor líquido - sobre a fragilidade dos laços humanos. Lisboa: Relógio D¿Água Editores. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. , 2006
Lipovetsky, G.;A era do vazio: ensaios sobre o individualismo contemporâneo. Lisboa: Edições 70. Trad. Miguel Serras Pereira e Ana Luisa Faria. , 2014
Baudrillard, J.;A Sociedade de Consumo. Lisboa: Publicações 70. Tradução de Artur Mourão. , 2011

Métodos de Ensino

Os conteúdos serão apresentados em aulas expositivas dinâmicas, onde se pretende uma forte participação dos alunos, de forma a promover a comunicação, reflexão e discussão de ideias nas diferentes temáticas. Para tal, serão apresentados exercícios, casos de estudo, vídeos ilustrativos e demais material multimédia de suporte. Serão promovidas sessões de natureza técnica/prática (em sala e via plataforma e-learning), sessões de apresentação e discussão de trabalhos. 


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  30
Outras  Participação Presencial  6
Avaliação  Teste/Exame  3
Estudo autónomo  Estudo  67
  Total: 106

Avaliação Contínua

2 Testes escritos 2 x 35%
1 trabalho individual e-learning 30%


Nos termos do Regulamento do curso:
a) A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;

b) Nos testes escritos e nos elementos de avaliação definidos é necessária a obtenção da nota mínima de 7,5 valores;

c) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;

d) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso;

e) Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final

Prova escrita individual: 100%

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As metodologias consideradas têm em consideração as características da unidade curricular. Apesar de um caráter teórico, o recurso a casos de estudo e outros materiais de suporte, visam contribuir para o alcance dos objetivos da unidade curricular, de um ponto de vista aplicado ou prático.