• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LTU5107

Geografia do Turismo

Código: LTU5107    Sigla: GT

Ocorrência: 2020/21 - 2S

Área de Ensino: Turismo

Cursos

Sigla Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LTU Aviso n.º 14344/2020, de 18 de setembro 6 ECTS 45 160

Horas Efetivamente Lecionadas

LTU1

Teórico-Práticas: 15,00
Seminário: 0,00
Outro: 0,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Seminário: 0,20
Outro: 0,40

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Resumo descritivo da unidade curricular
A Geografia é fundamental para o estudo do turismo, dado que o Turismo ocorre no território, envolvendo fluxos e atividades entre os diferentes espaços e depende largamente das caraterísticas físicas, sociais das inter-relações que ocorrem entre o território, as atividades e os indivíduos.
Nesta unidade curricular pretende-se que os alunos conheças as principais regiões turísticas mundiais, que conheçam os países do mundo e as suas capitais, que se familiarizem com as principais cidades da Europa e os aspetos turísticos relevantes e ainda que conheçam bem Portugal em termos das principais cidades, das áreas de conservação da natureza, das infraestruturas turísticas e de mobilidade do país e a distribuição dos principais recursos turísticos de Portugal.
Esta unidade curricular considera três conceitos fundamentais: a dimensão espacial, as componentes geográficas do sistema turístico e a interação especial entre estas componentes, que resultam em impactes económicos, ambientais, culturais e sociais. Pretende-se, com esta unidade curricular, enquadrar os alunos no meio físico e humano que os rodeia e que configure o espaço turístico.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem
1. Compreender a atividade turística como um fenómeno de interação espacial.
2. Estudar os principais fluxos turísticos mundiais.
3. Conhecer os principais fatores de localização turística e a sua influência na distribuição da atividade.
4. Analisar os principais fluxos turísticos.
5. Caracterizar a atividade turística nas grandes regiões mundiais.

Competências a desenvolver
Capacitar os alunos para o conhecimento geográfico, dos países, das suas capitais e principais cidades mundiais, dos principais destinos turísticos mundiais, assim como conhecer bem a geografia de Portugal e os principais produtos turísticos que o país tem para oferecer.
Dotar os alunos de capacidade de planeamento turístico com base na geográfica e no conhecimento dos recursos turísticos com o conhecimento e os instrumentos metodológicos necessários que lhes permitam estabelecer a ligação entre a geografia, a gestão do território e a área do turismo.
Dotar os alunos de uma formação multidisciplinar que lhes permita apreender os conhecimentos administrados na unidade curricular, e desenvolver capacidades técnico-científicas no sentido da aplicação desses conhecimentos em situações práticas.
Incentivar a criatividade e a capacidade de iniciativa na elaboração das tarefas propostas, bem como estimular o trabalho em equipa, de modo a que os alunos partilhem as suas ideias e opiniões, e sejam recetivos às ideias dos outros.

Programa

1. Geografia e Turismo
1.1. Noções de cartografia
1.2. Fluxos turísticos e mobilidade
2. Localização Turística
2.1. Fatores humanos e técnicos
2.2. Fatores naturais
3. O impacto das alterações climáticas na geografia do turismo
4. Fluxos turísticos
4.1. Evolução e perspetivas de desenvolvimento
4.2. Regiões mundiais de turismo
4.2.1. Europa
4.2.2. África
4.2.3. Américas
4.2.4. Ásia

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

O programa proposto permite que os alunos ganhem os conhecimentos e desenvolvam as competências previstas, na medida em que:
a) o tema 1 dá resposta ao objetivo 1 e 2, apresentando o turismo como fenómeno de mobilidade e interação;
b) o tema 2 e 3 dão resposta ao objetivo 3, ao apresentar os fatores que influenciam a distribuição de atividade turística e os seus fluxos;
c) o tema 4 permite atingir os objetivos 4 e 5, ao analisar os principais fluxos turísticos e estudar os principais destinos turísticos das diferentes regiões mundiais de turismo, bem como as suas previsões de desenvolvimento.

Bibliografia Principal

Mason, P. ;Geography of Tourism, Goodfellow Publishers, 2017
Walters, G. e Mair, J. ;Reputation and Image Recovery for the Tourism Industry, Rowman & Littlefield Publishers, Inc, 2019

Bibliografia Complementar

Hall, C. M. e Pager, S. ;The Geography of Tourism & Recreation, London & NY: Routledge., 2006
Nelson, V. ;An introduction of geography of tourism, Rowman & Littlefield Publishers, Inc., 2017

Métodos de Ensino

Os conteúdos serão apresentados em aulas expositivas dinâmicas, onde se pretende uma forte participação dos alunos, de forma a promover a comunicação, reflexão e discussão de ideias nas diferentes temáticas. Para tal, serão apresentados exercícios, casos de estudo, vídeos ilustrativos e demais material multimédia de suporte. Serão promovidas sessões de natureza técnica/prática (em sala e via plataforma e-learning), sessões de apresentação e discussão de trabalhos.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Seminário  Participação Presencial  3
Outras  Participação Presencial  6
Avaliação  Teste/Exame  3
Estudo autónomo  Estudo  103
  Total: 160

Avaliação Contínua

2 Testes escritos 2 x 35%
1 trabalho individual e-learning 30%

Nos termos do Regulamento do curso:
a) A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;

b) Nos testes escritos e nos elementos de avaliação definidos é necessária a obtenção da nota mínima de 7,5 valores;

c) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;

d) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso;

e) Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final

Prova escrita individual: 100%

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As metodologias consideradas têm em consideração as características da unidade curricular. Apesar de um caráter teórico, o recurso a casos de estudo e outros materiais de suporte, visam contribuir para o alcance dos objetivos da unidade curricular, de um ponto de vista aplicado ou prático.