• EN
  • Ajuda Contextual
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LRE1427

Empreendedorismo

Código: LRE1427    Sigla: EPR

Ocorrência: 2018/19 - 2S

Área de Ensino: Gestão

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LRE 1 Desp. n.º 20530/2009 (alterado aviso n.º9854/2012) 6 ECTS 60 160

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Seminário: 0,20
Outro: 0,80

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Sandra Marie Evelyn Christiane Derom   3,00
Seminário Totais 1 0,20
Sandra Marie Evelyn Christiane Derom   0,20
Outro Totais 1 0,80
Sandra Marie Evelyn Christiane Derom   0,80

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sandra Marie Evelyn Christiane Derom Regente

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem


Resumo descritivo da unidade curricular

Esta unidade curricular visa transmitir a importância da criação e desenvolvimento de negócios tradicionais ou tecnológicos. Procura-se estimular o espírito empreendedor no contexto da 4ª Revolução Industrial. As mudanças decorrentes requerem novas competências de análise e resolução de problemas em tempo real, modularidade, trabalho em rede e virtualização. As alterações no mundo laboral e económico exigem que se promovam novas posturas perante contextos de incerteza constante. Finalmente, visa fornecer metodologias para conceber modelos de negócio e definir planos de negócio.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem

Através da combinação de conhecimentos deve permitir:
- Identificar tendências, oportunidades ou necessidades não satisfeitas;
- Promover a experimentação e o teste de hipóteses;
- Conceber modelos de negócio;
- Saber construir um plano de negócios.

Competências a desenvolver

No final os alunos devem ser capazes de:
- Conhecer os ciclos evolutivos dum negócio;
- Saber compreender e interpretar o ambiente competitivo dum negócio;
- Ter capacidade de análise e pensamento crítico em termos de riscos e oportunidades;
- Capacidade para avaliar e tomar decisões em contexto de pequenos negócios.

Programa


1. As tendências nos mercados globais
1.1 Principais driving-forces
1.2 Evolução do empreendedorismo

2. As funções de gestão
2.1 As novas funções de gestão para start up's

3. A criação do modelo de negócio
3.1 As questões legais e sociais da pequena empresa
3.2 Da ideia ao mercado. Tipos de negócio
3.3 A identificação de oportunidades/problemas
3.4 As soluções e teste de hipóteses
3.5 As métricas chave
3.6 Proposta de valor
3.7 Vantagem competitiva
3.8 Os canais e comunicação
3.9 Os custos e as fontes de receitas

4. O Plano de Negócio
4.1 Sumário executivo
4.2 Resumo da empresa
4.3 Descrição dos produtos/serviços
4.4 Estratégia do negócio
4.5 Operacionalização do negócio
4.6 Estrutura e liderança
4.7 Monitorização e avaliação do desempenho.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

- O objetivo «Identificar tendências, oportunidades ou necessidades não satisfeitas» será alcançado com os conteúdos programáticos plasmados nos Capítulos 1 e 2;
- O objetivo «Promover a experimentação e o teste de hipóteses» será alcançado com os conteúdos programáticos plasmados nos Capítulos 1 e 2;
- O objetivo «Conceber modelos de negócio» será alcançado com os conteúdos programáticos plasmados no Capítulo 3;
- O objetivo «Saber construir um plano de negócios» será alcançado com os conteúdos programáticos plasmados no Capítulo 4.

Bibliografia Principal

Santos, Filipe; Salvado, J.C.; Carvalho, I., L.; Azevedo;Manual para Transformar o Mundo, Fundação Calouste Gulbenkian, 2015
Emerson, Melinda;Start Up em 12 meses, Self Desenvolvimento Pessoal, 2016

Bibliografia Complementar

Ries, Eric;Lean Start Up, Prime Books, 2012
Costa, Horácio;Criação e Gestão de Micro-Empresas e Pequenos Negócios, Lidel - Edições Técnicas, 2010

Métodos de Ensino

Aulas teóricas: Utilização do método expositivo, para a introdução dos conceitos teóricos e do método interrogativo para a reflexão sobre os conteúdos. Aulas práticas: Utilização de métodos ativos com recurso a trabalhos práticos. Acompanhamento tutorial dos alunos. Os alunos podem ser avaliados através de avaliação contínua ou exame final.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Outras  Participação Presencial  12
Trabalho Grupo/Individual  Projectos  20
Avaliação  Teste/Exame  3
Seminários  Teste/Exame  3
Estudo Autónomo  Estudo  77
  Total: 160

Avaliação Contínua


Avaliação Contínua
- Prova Escrita I: 30%
- Prova Escrita II: 30%
-Trabalho de Grupo (Business Plan): 20% (15% Trabalho e 5% Apresentação)
- Trabalho Individual (Recensão Crítica de artigo científico - Pesquisa ABI/INFORM e entrega via ISAG e-Learning Platform): 20%

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos nas alíneas b) a e) do nº 2 do Art. 39º é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.

Avaliação Final


Avaliação Final

- Prova escrita individual (100%)

a) Os trabalhos práticos ou teórico práticos poderão também ser considerados, com uma ponderação correspondente a metade da considerada no âmbito da avaliação contínua, desde que o aluno comunique tal intenção ao docente através do preenchimento de impresso próprio a ser disponibilizado pelo docente no momento da realização da prova escrita.

Provas e Trabalhos Especiais


1 - Trabalho de Grupo - o trabalho referenciado corresponde à estruturação de um Business Plan, com base nos conteúdos das aulas e num guião facultado pelo docente. O output resultante será um documento composto por vertentes analíticas, estratégicas e táticas, face a uma determinada ideia de negócio.

2 - Trabalho Individual: Recensão Crítica de artigo Científico (pesquisado na ABI/INFORM e submetido através da ISAG e-Learning Platform)

Avaliação Especial (TE, DA, ...)

m conformidade com o explanado no regulamento do ciclo de estudos.

Melhoria de Classificação Final/Distribuída

m conformidade com o explanado no regulamento do ciclo de estudos.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As aulas fomentam o sentido crítico e autocrítico, bem como a prática de uma atitude ética em termos pessoais e profissionais. Promovendo o desenvolvimento, exposição e discussão crítica de casos e exercícios, estimula-se o reforço de capacidades analíticas. A participação nas aulas e apresentação e defesa de trabalhos individuais e de grupo permitem o desenvolvimento de competências de comunicação orais e escritas. Complementarmente os alunos adquirem aptidões diversas, como: estabelecimento de prioridades, capacidade de trabalho em equipa, capacidade para identificar e resolver problemas; organizar, planear e programas tarefas; ter espírito de iniciativa; aplicação de conhecimentos (teóricos, técnicos e operacionais). No que concerne às competências de investigação científica objetiva-se a familiarização com terminologia de investigação em Empreendedorismo; seleção e recolha de informação; pesquisa bibliográfica; identificação e referenciação das fontes de informação utilizadas; análise crítica e síntese de informação.