• EN
  • Ajuda Contextual
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LGH2229

Língua Estrangeira IV - Alemão

Código: LGH2229    Sigla: LEIVA

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Línguas Modernas

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGH 5 Aviso nº 9705/2017 & Ret. nº 682/2018 - Novo Plano 3 ECTS 28 80

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 1,50
Outro: 0,36

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 1,50
Isabella Alessandra Cortada Roberto   1,50
Outro Totais 1 0,36
Isabella Alessandra Cortada Roberto   0,36

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Isabella Alessandra Cortada Roberto Regente

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

RESUMO DA UNIDADE CURRICULAR


Esta disciplina destina-se aos aprendentes de língua alemã como língua estrangeira sem conhecimentos prévios desta língua. Pretende-se que os alunos atinjam um grau de conhecimentos correspondente ao nível A2.2 (utilizador elementar) do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR) em todas as competências (compreensão oral, leitura, conversação e escrita).
Através do trabalho com diferentes tipos de texto que contêm um leque diversificado de exercícios e tarefas, que por sua vez visam desenvolver as competências (ler, escrever, falar e ouvir) e o léxico de uma maneira sistemática e progressiva, os estudantes consolidam e aprofundam os seus conhecimentos e capacidades linguísticos de acordo com o previsto no QECR para este nível de estudo da língua alemã - ferramentas indispensáveis para dominar várias situações comunicativas que ocorrem na vida quotidiana. Além disso, os estudantes são confrontados com a cultura/realidade dos países de expressão alemã através do visionamento/da audição de materiais audiovisuais. Os conhecimentos gramaticais são adquiridos através do estudo mais aprofundado de fenómenos textuais no seu contexto (sintaxe, conjugação de verbos, verbos com partícula separável, tempos verbais, pronomes, a negação), o que contribui também para o alargamento do leque de estratégias de compreensão.

OBJECTIVOS E RESULTADOS ESPERADOS DA APRENDIZAGEM

Capacidades de percepção: os estudantes deverão adquirir a capacidade de compreender palavras familiares e frases simples referentes a si próprios e a aspectos concretos do mundo envolvente.

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER

Capacidades de interação e de produção oral e escrita: os estudantes deverão adquirir os meios linguísticos básicos de forma a poder interagir entre si, sendo capazes, sempre que necessário, de solicitar a repetição dos enunciados que não conseguem compreender. Deverão ainda treinar diferentes tipos de perguntas e de respostas simples, no âmbito dos temas dados nas aulas.

No final do semestre os estudantes devem ser capazes de: alargar o seu conhecimento declarativo (saber) e a competência de realização (saber-fazer); compreender e usar o léxico e as estruturas referentes aos temas abordados tanto oralmente como por escrito; dominar a terminologia e o uso competente das estruturas gramaticais previstas para este nível; adquirir novas competências e estratégias de aprendizagem/capacidades de estudo; desenvolver o interesse por realidades e culturas diferentes; alargar a sua competência ao nível da utilização de recursos multimédia. 

Programa

Vários aspectos gramaticais serão objecto de reflexão, de análise e de exercícios práticos:

REVISÕES GERAIS:
1. Sintaxe: Noções básicas; Os complementos exigidos pelo verbo
ESPECÍFICO:
2. Pronomes Indefinidos
3. Preposições
4. Verbos
5. Conjugação dos verbos no pretérito perfeito (Perfekt) e no imperfeito (Präteritum)
Verbos modais (pretérito) Nas aulas de língua alemã 3 serão focados temas relacionados com situações que ocorrem na vida quotidiana como, por exemplo, encontros, agenda, profissões, lojas, fazer compras no supermercado, casa, lazer. Estes temas serão trabalhados em todas as competências (compreensão oral, leitura, conversação e escrita).
Diversas situações comunicativas do quotidiano e vocabulário das áreas semânticas correspondentes: revisões gerais (A2.1), leitura de textos, traduções e pequenas retroversões

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Em cada um dos tópicos programáticos serão trabalhadas as competências de oralidade, escrita e leitura. No final do semestre os estudantes devem ser capazes de: alargar o seu conhecimento declarativo (saber) e a competência de realização (saber-fazer); compreender e usar o léxico e as estruturas referentes aos temas abordados tanto oralmente como por escrito; dominar a terminologia e o uso competente das estruturas gramaticais previstas para este nível.

Bibliografia Principal

DaF kompakt A1-B1 - Kursbuch mit 3 Audio-CDs,, Klett Verlage, Stuttgart, 2011

Métodos de Ensino

Aulas teórico-práticas; estratégias didácticas várias; trabalho em grupo ou individual, é dada grande importância à participação ativa por parte dos alunos. O modo de avaliação implica uma participação activa e contínua por parte do estudante: trabalhos de casa, treino de leitura em voz alta, testes e trabalhos escritos, pequenas apresentações em "powerpoint".
Actividades que visam a promoção da Expressão Oral e da Expressão Escrita, assim como o desenvolvimento de competências comunicativas específicas / técnicas.
1| Apresentação de cenários reais (textos, imagens, vídeos) com o objectivo de suscitar comentários e/ou debates sobre os temas propostos;
2| Realização de exercícios de natureza gramatical relacionados com o tema a explorar em cada sessão;
3| Condução de simulações relacionadas com os temas centrais da formação, procurando recriar os ambientes reais experienciados no dia-a-dia; 


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  22,5
testes  Teste/Exame  3
estudo autonomo  Estudo  49
Outras  Participação Presencial  5,5
  Total: 80

Avaliação Contínua

- 2 testes escritos (35% cada)
- trabalho (20%)
- assiduidade / participação (10%)
- 2 actividades com a plataforma e-learning

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.
5. Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final

Exame (100%)

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:
O(s) trabalhos(s) práticos ou teórico-práticos referidos poderão ser considerados, com uma ponderação correspondente a metade da considerada no âmbito da avaliação contínua, desde que o aluno comunique tal intenção ao docente através do preenchimento de impresso próprio a ser disponibilizado pelo docente no momento da realização da prova escrita.                                                                                                                                                                                                          

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As aulas serão teórico-práticas, com estratégias didácticas variadas, como o trabalho em grupo ou individual; será dada, sobretudo, grande importância à participação activa por parte dos alunos, através de pequenas pesquisas temáticas, do treino de leitura em voz alta, da realização de trabalhos escritos e de apresentações em "powerpoint". O objectivo último será adquirir novas competências e estratégias de aprendizagem/capacidades de estudo, assim como desenvolver o interesse por realidades e culturas diferentes; o resultado prático configurar-se-á em torno do alargamento das competências a nível da utilização de recursos multimédia.