• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LGE1639

Estratégia Empresarial

Código: LGE1639    Sigla: EEM

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Gestão

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGE 4 Desp. n.º 1049/2008 (alterado aviso n.º9805/2012) 6 ECTS 54 160

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Seminário: 0,20
Outro: 0,40

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 2 6,00
Abílio da Cunha Vilaça   3,00
Victor Manuel Domingos Tavares   3,00
Seminário Totais 2 0,40
Abílio da Cunha Vilaça   0,20
Victor Manuel Domingos Tavares   0,20
Outro Totais 2 0,80
Abílio da Cunha Vilaça   0,40
Victor Manuel Domingos Tavares   0,40

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Victor Manuel Domingos Tavares Regente
Abílio da Cunha Vilaça Docente

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Resumo descritivo da unidade curricular
Sendo a estratégia uma das preocupações centrais dos executivos das empresas, esta unidade curricular visa dotar os estudantes de capacidade para analisar e formular estratégias, assim como elaborar, implementar e controlar a execução de planos estratégicos, visando equilibrar a abordagem teórica com o estudo de casos práticos, nacionais e internacionais.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem
Esta unidade curricular tem como principais objetivos:
1. Conceituar a estratégia empresarial, analisar as caraterísticas das decisões estratégicas e descrever o processo de gestão estratégica;
2. Fornecer os mais recentes conceitos, modelos e ferramentas para uma análise estratégica eficaz dos contextos externo e interno das empresas e outras organizações;
3. Caraterizar as diferentes tipologias de estratégia a considerar no processo de formulação/formação estratégica;
4. Explicar como se deverá proceder à implementação de estratégias;
5. Evidenciar a importância do alinhamento da estratégia com a estrutura, cultura e liderança, assim como dos sistemas de controlo estratégico.
6. Explicar e relacionar os conceitos de ética, responsabilidade social, desenvolvimento sustentável e
corporate governance.

Competências a desenvolver
No final da unidade curricular, os alunos deverão ser capazes de:
- Compreender o que é a estratégia, identificar os elementos fundamentais e sua importância nas organizações;
- Compreender o que é a gestão estratégica, entender os diferentes níveis de planeamento e como as estratégias devem evoluir;
- Saber como se define o rumo de uma organização;
- Compreender o impacto do ambiente externo e interno na estratégia, o que são grupos estratégicos e como as empresas competem;
- Saber elaborar uma análise SWOT;
- Entender a importância da análise da cadeia de valor e definir o negócio de uma empresa;
- Formular objetivos e delinear estratégias de gestão;
- Conceber um plano estratégico;
- Compreender a importância e dificuldades da implementação estratégica;
- Entender a importância do respeito dos princípios da ética e da sustentabilidade empresarial, assim como o papel da responsabilidade social e da corporate governance.

Programa

1. Análise Estratégica.
1.1 Natureza, definições e caraterísticas das decisões estratégicas.
1.2 O processo de gestão estratégica e tipos de planeamento estratégico.
1.3 Benefícios da gestão estratégica.
1.4 Definição do rumo da organização: Visão, missão, valores e objetivos.
1.5 Análise do ambiente externo.
1.6 Análise do ambiente interno e análise SWOT.
2. Formulação da estratégia.
2.1 Estratégias de negócio e funcionais.
2.2 Estratégias corporativas.
2.3 Estratégias de internacionalização e cooperação.
3. Implementação e Controlo da Estratégia.
3.1 A organização como sistema e a cultura organizacional.
3.2 Dificuldades na implementação da estratégia.
3.3 Estrutura organizacional.
3.4 Liderança, cultura e estilos de gestão.
3.5 Avaliação e controlo da estratégia.
3.6 Sistemas de gestão estratégica: o Balanced Scorecard.
3.7 Ética, responsabilidade social, sustentabilidade e corporate governance.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

A abordagem integrada e progressiva do programa da unidade curricular permitirá que os alunos desenvolvam os conhecimentos e as competências previstas nos objetivos de aprendizagem, garantindo-se a coerência entre os conteúdos programáticos da seguinte forma:
- Os objetivos 1 e 2 serão alcançados com o capítulo 1, o qual visa fornecer o conhecimento e a articulação dos conceitos relevantes relativos à natureza da estratégia e do processo de gestão estratégica, assim como explicar e aplicar as principais ferramentas de gestão envolvidas no processo de análise estratégica (externa e interna);
- O objetivo 3 será assegurado através dos conhecimentos transmitidos no capítulo 2, que identifica e explica as diversas tipologias de estratégias a implementar, propostos na literatura académica e profissional de referência;
- Os objetivos 5 e 6 serão alcançados através do capítulo 3, que procura mostrar a importância da estrutura organizacional organizacional e dos sistemas de avaliação e controlo estratégico para uma implementação estratégica bem-sucedida.

Bibliografia Principal

Rothaermel, Franck T.;Strategic Management: Concepts and Cases, McGraw-Hill, 2013
Teixeira, Sebastião;Gestão Estratégica, Escolar Editora, 2011

Bibliografia Complementar

Mintzberg, Henry et al;O Processo da Estratégia: Conceitos, Contextos e Casos Selecionados, 4ª Edição, Bookman Editora, 2006
Magrettta, Joan ;Michael Porter - O Essencial sobre Estratégia, Concorrência e Competitividade, Centro Atlântico, 2012

Métodos de Ensino

- Exposição teórica dos conteúdos programáticos complementada pela análise de exemplos e casos reais, com ênfase em exemplos de empresas portuguesas;
- Discussão nas aulas sobre aspetos teóricos e práticos dos conteúdos facultados;
- Acompanhamento e orientação dos alunos no estudo, análise crítica de artigos científicos sobre o estado da arte da estratégia empresarial, e resolução de casos e exercícios práticos;
- Nas aulas práticas, ocorrerão apresentações dos trabalhos de grupo realizados, que serão sujeitas a debate alargado ao grupo-turma.
Esta metodologia de ensino/aprendizagem tem por base os objetivos e resultados esperados da aprendizagem. Assenta no aprofundamento de conceitos fundamentais e análise de modelos de gestão estratégica, ilustrados através da abordagem de exemplos e casos práticos em contexto de sala. A aprendizagem será consolidada pelos alunos através do estudo individual.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Seminário  Participação Presencial  3
Estudo autónomo  Estudo  73
Outras  Participação Presencial  6
Trabalho de grupo  Projectos  30
Avaliação  Teste/Exame  3
  Total: 160

Avaliação Contínua

- Realização de duas provas escritas individuais: 35%+35%
- Realização de um trabalho prático em grupo, com com submissão na plataforma e-learning e defesa: 30%

a) Realização do trabalho prático em grupo (avaliação contínua):

O trabalho em grupo visa a análise crítica da estratégia de uma empresa, e terá como output um conjunto de recomendações de gestão estratégica.
A avaliação do trabalho terá por base a elaboração de um relatório escrito entregue em versão impressa, e a sua apresentação oral e defesa ocorrerá na data prevista na programação indicativa das sessões, com a presença obrigatória de todos os elementos de cada grupo.
b) Embora o trabalho de grupo seja abordado em contexto de trabalho em grupo, a avaliação será individualizada. Terá em consideração não só o desempenho do grupo na pesquisa e realização do trabalho, mas também o desempenho de cada elemento na apresentação oral.
c) As provas escritas individuais terão a duração de 1h30m cada.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos nas alíneas b) a e) do nº 2 do Art. 39º é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.
5. Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final

- Prova escrita individual: 100%

- O trabalho prático referido na alínea b) do nº 2 do artigo 36º poderá também ser considerado, com uma ponderação correspondente a metade da considerada no âmbito da avaliação contínua, desde que o aluno comunique tal intenção ao docente através do preenchimento de impresso próprio a ser disponibilizado pelo docente no momento da realização da prova escrita.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

O desenvolvimento das aulas decorrerá conciliando as metodologias de ensino com os objetivos fundamentais da unidade curricular (UC). Esta será uma UC de aplicação, onde os alunos aprenderão não só o porquê, mas também como a realizar, avaliar e decidir sobre a estratégia empresarial.
O fornecimento de informação e de conhecimentos científicos e técnicos previstos nos objetivos será desenvolvido no início de cada assunto a abordar, nas aulas teórico-práticas, onde será estabelecida a relação com outras matérias abordadas em aulas anteriores. Nestas sessões, pretender-se-á desenvolver as competências dos alunos e sensibilizá-los para a importância dos temas abordados em contexto real, contribuindo-se para um melhor enquadramento e também maior facilidade na perceção dos objetivos a alcançar.
Dado o carácter eminentemente prático das matérias a versar, serão apresentados e propostos exercícios e casos práticos de empresas. Os alunos aprenderão fazendo, refletindo e tomando decisões sobre os problemas e alternativas propostas, melhorando as suas competências nos temas em análise.
Tentar-se-á estimular um processo de diálogo em que todos participem, através da sua própria experiência e saber. Assim, partilhar-se-á conhecimento, dúvidas e questões, de modo a beneficiar a aprendizagem dos alunos e a provocar maior motivação dos mesmos. Procurar-se-á, essencialmente, garantir o desenvolvimento das capacidades de aplicar em contextos diferentes os conhecimentos adquiridos, sob influência de diferentes fatores e variáveis.
Os trabalhos práticos de grupo exigidos aos alunos darão um importante contributo para a realização dos objetivos definidos para a UC, proporcionando a compreensão e a aplicação das temáticas em estudo, bem como permitirão mostrar os benefícios dos modelos e ferramentas de gestão estratégica transmitidos.
A realização dos trabalhos práticos terá, ainda, as vantagens de partilha de conhecimentos entre os elementos do grupo, procura de informação externa e contacto com a realidade das empresas. A sua posterior apresentação e defesa contribuirão para o reforço da capacidade de análise que se considera essencial para a consecução dos objetivos desta UC.
A avaliação dos alunos servirá para a aferição da eficácia das metodologias de ensino utilizadas e, se necessário, no futuro poder-se-á realizar correções nas metodologias de ensino.