• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LGE1637

Contabilidade de Gestão

Código: LGE1637    Sigla: CG

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Contabilidade

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGE 3 Desp. n.º 1049/2008 (alterado aviso n.º9805/2012) 3 ECTS 31,5 80

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 1,50
Outro: 0,60

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 1,50
Paulo Sérgio Gomes Macedo   1,50
Outro Totais 1 0,60
Paulo Sérgio Gomes Macedo   0,60

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Paulo Sérgio Gomes Macedo Regente

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

RESUMO DESCRITIVO DA UNIDADE CURRICULAR
O desenvolvimento de atividades ligadas ao cumprimento de objetivos a atingir por parte dos gestores das organizações lucrativas e não lucrativas continua a suscitar informações não imediatamente disponíveis pela contabilidade financeira cuja a perspetiva de análise não coincide com a contabilidade analítica ou de gestão. Neste sentido, a contabilidade de gestão torna-se cada vez mais importante como fonte de informação para o planeamento das atividades, organização, controlo das operações e processo de decisão.

OBJETIVOS E RESULTADOS ESPERADOS DA APRENDIZAGEM
Com esta unidade curricular pretende-se colocar os alunos em contato com alguns aspetos fundamentais de Contabilidade de Gestão.
É objetivo da Unidade Curricular proporcionar o desenvolvimento de capacidades de resolução de problemas no âmbito da gestão empresarial, abordando o planeamento e orçamento da atividade, assim como a importância da contabilidade de gestão para a estratégia da empresa e para o processo de tomada de decisão.

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER
O aluno deve ser capaz de:
- Identificar os tipos de planeamento de uma empresa e elaborar orçamentos anuais;
- Identificar o âmbito e objetivos da contabilidade de gestão estratégica;
- Aplicar os sistemas de preços de transferência interna como instrumento de gestão;
- Analisar situações de benchmarking como esforço de melhoria;
- Analisar o desempenho usando indicadores quantitativos e qualitativos;
- Conhecer a importância do balanced scorecard na gestão empresarial;
- Utilizar os modelos mais recentes de gestão de stocks;

Programa

CAPÍTULO I - Orçamentos como um instrumento de apoio à tomada de decisões
1.1 Planeamento;
1.2 Natureza da gestão orçamental;
1.3 Elaboração do orçamento anual;
1.4 Controlo de gestão.
1.5 Orçamento de tesouraria e financeiro
CAPÍTULO II - Contabilidade de Gestão estratégica
2.1 Contabilidade analítica e de gestão estratégica;
2.2 Os preços de transferência;
2.3 Avaliação de desempenho;
2.4 O Benchmarking;
2.5 O balanced Scorecard;
2.6 Modelos alternativos de gestão de stocks: JIT - Just in time; QOQ - Economic Orden Quantitaties, TQM - Total Quality Management.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Com esta unidade curricular pretende-se colocar os alunos em contato com alguns aspetos fundamentais de Contabilidade de Gestão e proporcionar-lhes o desenvolvimento de capacidades de resolução de problemas no âmbito da gestão empresarial, abordando o planeamento e orçamento da atividade, assim como a importância da contabilidade de gestão para a estratégia da empresa e para o processo de tomada de decisão.

Bibliografia Principal

Franco, V. S.; Morais, A. I.; Oliveira, A. V; Major, M. J.; Serrasqueiro, R.; Jesus, M. A. e Oliveira, B. J.;Temas de contabilidade de gestão: gestão orçamental e medidas financeiras de avaliação de desempenho, Livros Horizonte, Livros Horizonte, 2012

Bibliografia Complementar

Gama, António Pimenta;Performance Empresarial, Porto Editora, 2012. ISBN: 978-972-0-34015-3
Heizer, J. e Render B;Operations Management 8th ed., Prentice Hall, 2006
Nabais, C. e Nabais, F;Prática Financeira II, LIDEL - Edições Técnicas, Lda, 2011
Carvalho, O.;Benchmarking: uma ferramenta para a melhoria contínua, Instituto Português da Qualidade, Instituto Português da Qualidade, 2001

Métodos de Ensino

Apresentação e discussão de casos teórico-práticos, com o fornecimento prévio de material de apoio sobre as matérias a abordar bem como da bibliografia considerada como mínima indispensável dos diversos pontos da matéria a ministrar.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  22,5
Avaliação  Teste/Exame  3
Outras  Estudo  9
Estudo Autónomo  Estudo  45,5
  Total: 80

Avaliação Contínua

Testes escritos individuais: 2 x 40%

Trabalho de Grupo: 20%.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos nas alíneas b) a e) do nº 2 do Art. 39º é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.

Avaliação Final

Teste escrito individual: 100 %

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

As metodologias consideradas têm em consideração da unidade curricular.

Durante as sessões, os alunos são estimulados a complementar os conhecimentos teóricos lecionados com a resolução de exercícios.