• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LGE1421

Análise Económica Financeira

Código: LGE1421    Sigla: AEF

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Gestão

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGE 2 Desp. n.º 1049/2008 (alterado aviso n.º9805/2012) 6 ECTS 60 160

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Outro: 1,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Sofia Elisabete Ferreira Gomes   3,00
Outro Totais 1 1,00
Sofia Elisabete Ferreira Gomes   1,00

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sofia Elisabete Ferreira Gomes Regente

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

BREVE RESUMO DA UNIDADE CURRICULAR
Nesta unidade são ministradas ferramentas de leitura económica, financeira, de atividade e de avaliação, suportada nas peças contabilísticas produzidas na Empresa, numa abordagem pedagógica de caso.

OBJETIVOS E RESULTADOS ESPERADOS DA APRENDIZAGEM
Dotar os alunos de competências técnicas e relacionais ao nível da:
- Gestão global (tendo em conta o contexto em que a empresa se move);
- Gestão específica, em termos do seu enquadramento económico-financeiro;
- Interpretação e análise dos mapas de demonstrações financeiras.

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER
Pretende-se que os alunos no fim do período letivo se apresentem qualificados na utilização de Ferramentas de Análise Económica e Financeira e de Diagnóstico Empresarial, nomeadamente na:
- Análise das empresas com vista à elaboração do seu diagnóstico económico-financeiro;
- Desenvolvimento de planos de ação globais;
- Desenvolvimento de uma política gestão dos ciclos de exploração, de financiamento e de investimento.

Programa

1. Análise Financeira
1.1. Enquadramento
1.2. Função financeira
1.3. Análise financeira
1.4. Gestão financeira
1.5. Principais tarefas do gestor financeiro

2. Instrumentos Base da Análise Financeira
2.1. Principais instrumentos de análise financeira
2.2. Balanço
2.2.1. Balanço Contabilístico
2.2.2. Balanço Funcional
2.2.3. Ciclos Financeiros
2.2.4. Ajustamentos do Balanço Contabilístico para o Balanço Funcional
2.3. Demonstração dos Resultados
2.4. Demonstração dos Fluxos de Caixa

3. Métodos e Técnicas de Análise Financeira
3.1. Abordagem tradicional
3.2. Abordagem avançada
3.3. Técnicas de análise das Demonstrações Financeiras e Rácios
3.4. Os rácios e o benchmarking
3.5. Os rácios de referência

4. Equilíbrio Financeiro da Empresa
4.1. Análise das Demonstrações Financeiras
4.2. Análise Tradicional - Fundo de Maneio
4.3. Análise Funcional (Avançada)
4.3.1. Fundo de Maneio Funcional
4.3.2. Necessidades de Fundo de Maneio
4.3.3. Tesouraria Líquida
4.3.4. Necessidades de Fundo de Maneio e Ciclo de Exploração
4.4. Análise "Mais Fina"
4.4.1. Estratégias Financeiras Típicas

5. Rácios de Análise Económica e Financeira
5.1. Definição, objetivos e finalidade dos rácios
5.2. Vantagens e limitações dos rácios
5.3. Classificação dos rácios
5.4. Rácios de Liquidez
5.5. Margem de Segurança de Tesouraria
5.6. Rácios de Estrutura Financeira
5.7. Rácios de Financiamento
5.8. Indicadores Económicos e Rácios de Rentabilidade

6. Rácios de Risco e de Mercado
6.1. Risco na Empresa
6.1.1. Tipos de risco na empresa
6.1.2. Instrumentos de medição do risco
6.1.3. Ponto crítico de vendas
6.1.4. Margem de segurança operacional
6.1.5. Efeito de alavancagem operacional
6.1.6. Efeito de alavancagem financeira
6.1.7. Risco global e grau de alavancagem combinada
6.2. Rácios de Mercado
6.3. Conceito Z-Score

7. Diagnóstico económico-financeiro
7.1. Elaboração do Diagnóstico económico-financeiro de empresas de diferentes setores económicos

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

O 1º objetivo (dotar os alunos de competências técnicas e relacionais ao nível da gestão global) é abordado no capítulo 1 do programa, onde são estudados os conceitos gerais de função, análise e gestão financeira. 

O 2º objetivo relacionado com a "gestão específica" está relacionado com o capítulo 2 sendo abordados os instrumentos base da análise financeira.

O 3º objetivo de dotar os alunos de competências técnicas ao nível da interpretação e análise dos mapas de demonstrações financeiras é abordado nos restantes capítulos, estudando-se um conjunto de métodos e técnicas de análise financeira, o equilíbrio financeira da empresa, os rácios económico-financeiros e de risco e, por fim, o diagnóstico económico-financeiro.

Bibliografia Principal

Silva, E;Gestão Financeira-Análise de Fluxos Financeiros, Vida Económica, 2011. ISBN: 9789727884186
Fernandes, C., Neiva, J., Vieira, E., Peguinho, C;Análise Financeira -Teoria e Prática,, Edições Sílabo, 2016. ISBN: 9789726188421

Bibliografia Complementar

Breia, A., Pereira, V., Mata, M.;Análise Económica e Financeira - Aspetos Teóricos e Casos Práticos, Rei dos Livros, 2014. ISBN: 9789898305619

Métodos de Ensino

São usadas combinações de várias estratégias com o objetivo de encorajar o aluno a desenvolver trabalho autónomo de cariz individual e em grupo, acompanhado pelo docente, a fim de desenvolver competências específicas e genéricas, consideradas como cruciais para a sua formação.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Avaliação  Teste/Exame  4
Estudo Autónomo  Estudo  96
Outras  Trabalho laboratorial ou de campo  15
  Total: 160

Avaliação Contínua

1. Trabalho individual escrito com ponderação de 20% na nota final.

2. Testes individuais escritos com ponderação de 80% (40% de ponderação afeto a cada teste) na nota final.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos nas alíneas b) a e) do nº 2 do Art. 39º é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.
3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.
4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.

Avaliação Final

Exame individual escrito (100%). E nos termos do artigo 41º do Regulamento da Licenciatura:

- O(s) trabalho(s) práticos ou teórico-práticos referidos na alínea b) do nº 2 do artigo 39º poderão também ser considerados, com uma ponderação correspondente a metade da considerada no âmbito da avaliação contínua, desde que o aluno comunique tal intenção ao docente através do preenchimento de impresso próprio a ser disponibilizado pelo docente no momento da realização da prova escrita.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

O 1º objetivo, pressupõe o uso do programa Microsoft Powerpoint para apresentação de conteúdos teóricos. O 2º e 3º objetivo combina a exposição teórica de slides a partir do mesmo software, com exercícios em sala de aula, através de fichas de trabalho disponibilizadas aos estudantes, a realização de uma atividade em laboratório informático para acesso a dados estatísticos e de mercado e a análise de documentos de trabalho.