• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LGE1420

Economia Internacional

Código: LGE1420    Sigla: EI

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Economia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGE 5 Desp. n.º 1049/2008 (alterado aviso n.º9805/2012) 4 ECTS 42 107

Horas Efetivamente Lecionadas

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 2,00
Seminário: 0,20
Outro: 0,60

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 2 4,00
Elvira Pacheco Vieira   4,00
LF   0,00
Seminário Totais 2 0,40
Elvira Pacheco Vieira   0,40
LF   0,00
Outro Totais 2 1,20
Elvira Pacheco Vieira   1,20
LF   0,00

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Elvira Pacheco Vieira Regente
LF Docente

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

RESUMO DESCRITIVO DA UNIDADE CURRICULAR
A Economia Internacional constitui um ramo da ciência económica, fundamental para conseguir compreender as interações das economias nacionais no contexto mundial. Neste ramo económico são abordadas matérias ligadas essencialmente ao processo de globalização e funcionamento do comércio internacional, organização dos sistemas monetários e financeiros internacionais, progressivo processo de integração europeia no contexto de crise económica e financeira e opções estratégicas das empresas na abordagem aos mercados externos

OBJETIVOS E RESULTADOS ESPERADOS DE APRENDIZAGEM
Os objetivos da unidade curricular são os seguintes:
1. Sensibilizar os alunos para os conceitos básicos da economia internacional, realçando os aspetos teóricos do processo de globalização e do comércio internacional;
2. Descrever a política comercial internacional como elemento estratégico para maximizar os benefícios das relações comerciais com o exterior;
3. Descrever o processo de internacionalização de uma empresa, focando os principais desafios, riscos e incerteza que a mesma poderá enfrentar durante o processo;
4. Entender o funcionamento do sistema monetário internacional, o processo de integração económica, monetária e política da União Europeia, e as causas e consequências da crise económica e financeira.

Com esta unidade curricular, pretende-se conferir ao aluno uma visão resumida de como funciona a economia num contexto internacional, realçando os avanços conquistados para a superação das barreiras ao comércio internacional e o seu reflexo para as economias nacionais no mundo globalizado.

COMPETÊNCIAS
A este nível procura-se focar com especial incidência a forma como as empresas podem enfrentar o mercado internacional, realçando as características do ambiente envolvente designadamente no espaço europeu. Com o corpo de conhecimentos adquiridos os alunos, deverão ser capazes de:
1. Compreender o funcionamento dos mercados internacionais;
2. Analisar o comportamento estratégico dos países nas suas relações económicas internacionais, sobretudo na formação de blocos comerciais;
3. Delinear estratégias e tomar decisões no âmbito do processo de internacionalização de uma empresa;
4. Entender as escolhas de política macroeconómica como resultado da conjuntura internacional, sobretudo no contexto da União Europeia.

Programa

1. A ECONOMIA INTERNACIONAL E O PROCESSO DE GLOBALIZAÇÃO
1.1 Globalização: abordagem introdutória.
1.2 O comércio e as finanças internacionais.

2. O COMÉRCIO INTERNACIONAL
2.1 Principais abordagens teóricas.
2.2 A política comercial: protecionismo vs comercio livre.

3. PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO: A EMPRESA NO MERCADO GLOBAL
3.1 A importância da internacionalização.
3.2 Preparação do processo de expansão internacional.
3.3 O acesso aos mercados.
3.4 Estratégia financeira e operacional.
3.5 Estratégias de internacionalização: casos práticos.

4. POLÍTICA MACROECONÓMICA INTERNACIONAL
4.1 O Sistema Monetário Internacional (SMI).
4.2 A União Económica e Monetária Europeia.
4.3 A crise económica e financeira: causas e consequências.

Bibliografia Principal

KRUGMAN, P. & OBSTFELD, M.;Economia Internacional (8ª edição), Pearson, 2010. ISBN: 9788588639515
FERREIRA, M., REIS, N. & SERRA, F.;Negócios Internacionais, Lidel, 2011. ISBN: 9789727577149

Bibliografia Complementar

TEIXEIRA SEBASTIÃO, H.;Estratégias de internacionalização, Publisher team, 2006. ISBN: 9789896010256
Samuelson, P. & Nordhaus, W.;Economics (19ª Edição), Mcgraw-Hill, 2012

Métodos de Ensino

Os conteúdos desta unidade curricular serão expostos sobretudo em aulas teórico-práticas, que combinam a exposição teórica com a discussão de casos práticos e a resolução de exercícios de aplicação. Para tal utilizar-se-ão meios de suporte informático, designadamente o software Microsoft Powerpoint, para apresentação dos conteúdos programáticos, e efetuar-se-ão análises de tabelas de dados estatísticos, tanto em suporte informático como em suporte de papel e construção de representações gráficas exemplificativas. Complementarmente serão também utilizados ficheiros multimédia e realizadas ações fora da sala de aula para promover o desenvolvimento dos conteúdos programáticos. No decurso das aulas os alunos serão sempre incentivados a ter uma postura pró-ativa de participação crítica acerca dos conteúdos expostos e a apresentarem assuntos da atualidade para debate.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  30
Seminário  Trabalho laboratorial ou de campo  3
Trabalho de grupo  Relatório/Dissertação  9
2 testes de Avaliação  Teste/Exame  3
Apresentação do trabalho de Grupo  Trabalho laboratorial ou de campo  2
Estudo  Estudo  60
  Total: 107

Avaliação Contínua

Dois testes escritos com a ponderação de 35% cada teste.

Realização de um trabalho 30%.
NOTA: As três componentes de avaliação são de realização obrigatória.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

1. A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.

2. Nos testes escritos e nos elementos de avaliação referidos nas alíneas b) a e) do nº 2 do Art. 39º é necessária a obtenção de uma nota mínima de 7,5 (sete vírgula cinco) valores.

3. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal.

4. Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso.

Avaliação Final

Teste escrito 100%.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:
O(s) trabalho(s) práticos ou teórico-práticos referidos na alínea b) do nº 2 do artigo 39º poderão também ser considerados, com uma ponderação correspondente a metade da considerada no âmbito da avaliação contínua, desde que o aluno comunique tal intenção ao docente através do preenchimento de impresso próprio a ser disponibilizado pelo docente no momento da realização da prova escrita. 

Nesta situação a avaliação final terá a seguinte ponderação:
  • Exame escrito (87,50%), dia 2/7;
  • Trabalho de grupo (12,50%), entrega até 15/5 na plataforma e-learning.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular