• EN
  • Ajuda Contextual
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > DPT204

Língua Inglesa I

Código: DPT204    Sigla: LII

Ocorrência: 2019/20 - 1S

Página Web:http://elearning.isag.pt
Área de Ensino: Línguas Modernas

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
CTSPDP 23 Aviso n.º 13031/2018_Novo Plano 6 45 160

Horas Efetivamente Lecionadas

DPT1

Teórico-Práticas: 12,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Márcia Diana Fernandes Lemos   3,00

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Márcia Diana Fernandes Lemos Regente

Língua de Ensino

Inglês

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem


Resumo da Unidade Curricular

Esta unidade curricular visa conduzir os alunos ao desenvolvimento de competências de compreensão e produção, orais e escritas, em língua inglesa, através da aquisição e aplicação progressivas de conhecimentos gramaticais, lexicais, semânticos e pragmáticos, de tal modo que os alunos estejam, no final do semestre, próximos de alcançar o nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência.

Objetivos e resultados esperados da aprendizagem

Esta unidade curricular tem como objetivo central o desenvolvimento das competências de compreensão e comunicação dos alunos, bem como a promoção de competências de investigação e gestão da informação tendo em vista a sua progressiva autonomia e aplicação dessas mesmas aprendizagens em diferentes contextos académicos e profissionais.

Competências a desenvolver

- Compreensão oral: compreender a língua inglesa quando usada por falantes nativos de diferentes países de língua inglesa e extrair informações específicas a partir de discursos orais, textos áudio ou vídeos.

- Compreensão escrita: compreender globalmente a mensagem de diferentes textos e extrair informações específicas de textos reais em língua inglesa relacionados com o mundo e as experiências dos alunos.

- Produção oral: realizar apresentações em inglês e interagir com o professor e os colegas, expressando-se em língua inglesa, com algum grau de flexibilidade e fluência.

- Produção escrita: escrever relatórios e outros textos relacionados com o mundo em que os alunos se inserem.

Programa


Conteúdos temáticos:

1. Chegadas e encontros
1.1 Saudações, diferenças culturais e acolhimento aos visitantes
1.2 Comunicação intercultural
2. Alojamento
2.1 A perceção dos clientes, chegadas e novos registos
2.2 Serviços hoteleiros
2.3 Uma recensão crítica
3. Serviços de Informação Turística
3.1 Tipos de serviço de informação e de turistas
3.2 Indicações e direções
3.3 Recomendações e promoção de lugares e serviços

Conteúdos gramaticais:

- Tempos verbais (presente simples, presente perfeito, passado simples, imperativo)
- Preposições
- Outros que surjam a partir de questões colocadas pelos alunos ou no decorrer da análise de documentos
da atualidade

Vocabulário:

- Falsos amigos
- Saudações e apresentações
- Indicações e direções
- Termos e expressões específicos de cada área temática do programa

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Os conteúdos programáticos são coerentes com os objetivos da unidade curricular uma vez que potenciam o desenvolvimento de competências de compreensão e produção orais e escritas em inglês, de acordo com os pressupostos definidos pelo Conselho da Europa, através do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas: Aprendizagem, Ensino e Avaliação, para elaboração de programas de línguas e linhas de orientação curriculares. Mais ainda, os conteúdos programáticos promovem o desenvolvimento de competências de investigação e de gestão de informação, componentes essenciais no processo atual de ensino-aprendizagem.

Bibliografia Principal

Robin Walker & Keith Harding;Tourism 2 - Encounters, Oxford University Press, 2007. ISBN: 978-0-19-455103-8

Bibliografia Complementar

www.cambridge.org
www.britishcouncil.pt
global.oup.com
Dictionary of Leisure, Travel and Tourism, A&C Black Publishers, 2006
Bill Muscall;Business Vocabulary in Use: Advanced, Cambridge University Press, 2017

Métodos de Ensino

Os temas a abordar relacionam-se particularmente com o projeto global do curso. As atividades organizadas têm como ênfase a comunicação oral e escrita. Em contexto de sala de aula, todas as semanas um tema é exposto aos alunos e estes são chamados a intervir, em exercícios guiados ou livres, neste caso com maior espaço para a criatividade e autonomia dos alunos. Os trabalhos de grupo e de investigação encontram-se incluídos na programação das sessões de contacto. O trabalho individual externo dos alunos deve incluir a investigação a desenvolver sobre o tópico da semana seguinte, bem como uma prática intensiva dos temas abordados nas semanas anteriores com vista à sua consolidação.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  45
Avaliação  Teste/Exame  3
Trabalho de Grupo  Projectos  19
Outras  Participação Presencial  12
Estudo autónomo  Estudo  81
  Total: 160

Avaliação Contínua


Testes escritos individuais: 2 (30% + 30%)

Trabalhos de grupo: 2 (TG1 = 10% + TG2 = 30%)

TG1- Os alunos inscritos na modalidade de Avaliação Contínua deverão produzir em grupo uma recensão a ser submetida através da plataforma E-Learning. Os grupos serão definidos de acordo com o número total de alunos inscritos nesta modalidade.

TG2- Os alunos inscritos na modalidade de Avaliação Contínua devem fazer uma apresentação de 15 minutos, em trabalho de grupo, sobre uma temática estudada à sua escolha relacionada com os conteúdos programáticos da unidade curricular. O grupo deve ser composto no máximo por 3 (três) elementos. Em casos excecionais, poderá ser autorizada a organização de grupos com diferentes composições, cabendo a decisão final ao docente responsável pela unidade curricular. Os alunos devem usar o programa PowerPoint ou outro similar para a apresentação em aula.

As notas da apresentação serão atribuídas em função dos seguintes critérios:
- submissão do plano de projeto através da plataforma E-Learning;
- nível de proficiência e fluência em língua inglesa demonstrado durante a apresentação e defesa do projeto.

A não apresentação do trabalho exclui o aluno do regime de avaliação contínua e, por sua vez, implica a sua passagem para o regime de avaliação final.

Nos termos do Regulamento da Licenciatura:

a) A presença efetiva dos estudantes nas aulas será objeto de registo e, caso o número de faltas por estudante exceda 30% do número total de sessões de contacto previstas para cada unidade curricular, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;
b) Nos testes escritos e nos elementos de avaliação definidos é necessária a obtenção da nota mínima de 7,5 valores;

c) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores nos testes ou nos elementos de avaliação referidos no número anterior, será automaticamente transferido para a avaliação final da época normal;

d) Caso o estudante falte ou obtenha uma classificação inferior a 7,5 valores no segundo teste escrito (realizado na mesma data da prova escrita final da época normal) poderá requerer inscrição para avaliação na época de recurso;

e) Todos os trabalhos académicos escritos previstos na avaliação (relatórios, estudos de caso, etc.) terão de ser submetidos na base de dados Turnitin, disponível na plataforma E-Learning do ISAG, sendo aceitável uma taxa de similaridade até 30%.

Avaliação Final


Prova escrita: 100%


Provas e Trabalhos Especiais

 

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular


As metodologias de ensino propostas articulam-se diretamente com os objetivos de aprendizagem, uma vez que as diversas atividades facilitam a aquisição e desenvolvimento das competências linguísticas dos alunos, nomeadamente ao nível da compreensão e comunicação orais e escritas. A realização de projetos de grupo fomenta ainda o desenvolvimento de competências de investigação, gestão de informação, colaboração, negociação e resolução de problemas.