• EN
  • Ajuda Contextual
  • LinkedIn
  • Facebook
Você está em: Início > Cursos > Curso Técnico Superior Profissionals > CTSPCF

Curso Técnico Superior Profissional em Contabilidade e Fiscalidade


Sigla: CTSPCF
Grau: Curso Técnico Superior Profissional
Início de Funcionamento: 2015/16
Coordenador: Sofia Elisabete Ferreira Gomes
Descrição:

DESCRIÇÃO GERAL DO CURSO

Este curso visa formar técnicos superiores profissionais em contabilidade e fiscalidade, que participem na gestão dos sistemas de informação financeira da organização, pública ou privada, ao nível do registo contabilístico e fiscal, e do planeamento e controlo dos processos internos de gestão, de forma a obter informação relevante de apoio à administração/direção na tomada de decisões relativas à gestão económica e financeira da organização. Permite desenvolver competências técnicas específicas para iniciar uma atividade profissional, identificada como uma necessidade do mercado, com um bom potencial de empregabilidade.


OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM/ATIVIDADES PRINCIPAIS

A) Pesquisar, recolher, selecionar, preparar e analisar informação relevante de natureza financeira, necessária ao cumprimento das obrigações contabilísticas pela empresa ou organização pública ou privada;
B) Planificar, organizar e executar, de forma autónoma, a contabilidade financeira e de gestão da organização/empresa;
C) Implementar software e procedimentos na gestão das compras, das vendas, de clientes e de fornecedores, bem como dos relativos à gestão de tesouraria;
D) Avaliar o desempenho das aplicações informáticas de contabilidade em conformidade com o SNC - Sistema de Normalização Contabilística;
E) Assegurar os procedimentos necessários ao cumprimento das obrigações da entidade perante a Administração Fiscal;
F) Preparar informação de apoio à elaboração de pareceres e relatórios de gestão financeira tendo em vista o desempenho eficiente e eficaz da empresa ou entidade pública.

CONDIÇÕES DE ACESSO
  • a) Titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação equivalente;
  • b) Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de março;
  • c) Titulares de um diploma de especialização tecnológica (DET), de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional.
  •  

    CONDIÇÕES DE INGRESSO

  • As condições de ingresso têm como referencial os conhecimentos e aptidões correspondentes ao nível do ensino secundário numa das áreas definidas para o curso (Economia, ou Matemática, ou Português).
  • A verificação das condições de ingresso é efetuada por prova documental, nomeadamente nos casos de:
  • 1) Candidatos referidos na alínea a) das condições de acesso, através de apresentação de diploma do ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
  • 2) Candidatos referidos na alínea b) das condições de acesso, através da apresentação de documentação do estabelecimento de ensino superior onde as provas foram realizadas, que as descrimine e esclareça o seu conteúdo, bem como a respetiva classificação;
  • 3) Candidatos referidos na alínea c) das condições de acesso, através da aprovação em prova de avaliação de capacidade realizada de acordo com o regulamento em curso;
  • 4) Candidatos referidos na alínea d) das condições de acesso, através da apresentação de diploma que comprove a titularidade da habilitação.
  • Caso os candidatos não reunam os requesitos de ingresso, podem adquirilos mediante aprovação numa prova de ingresso, cujo referencial de conhecimentos e aptidões corresponda ao nível do ensino secundário na(s) áre(s) relevante(s) para cada curso. A prova de ingresso é escrita, ou escrita e oral, sendo organizada para cada curso técnico superior profissional ou conjunto de cursos.


  • PROVA DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE

  • A prova de avaliação de capacidade para os candidatos que não tiverem concluído o curso de ensino secundário é escrita, ou escrita e oral, nos termos previstos no regulamento dos cursos técnicos superiores profissionais do ISAG;
  • A prova de avaliação de capacidade tem como referencial os conhecimentos e aptidões correspondentes ao nível do ensino secundário, numa das áreas definidas para o curso (Economia, ou Matemática, ou Português);


  • CANDIDATURA

  • A candidatura é apresentada no Gabinete de Ingresso do ISAG;
  • O processo de candidatura é efetuado online na plataforma Sigarra em www.isag.pt ou presencialmente no ISAG, devendo ser instruído com os seguintes documentos:

  • a) Curriculum vitae corretamente elaborado de acordo com o modelo europeu (disponível no site do ISAG);
    b) Certificado de habilitações, com informação do nível de qualificação académica e ou profissional (que, para efeitos de matricula, devem ser autenticados);
    c) Fotocópia simples do Bilhete de Identidade e cartão de contribuinte ou do cartão de Cidadão;
    d) Outros elementos considerados pertinentes para a apreciação;
    e) Uma fotografia.

    CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO E SELEÇÃO

  • Os candidatos serão selecionados e seriados pela seguinte ordem de critérios:

  • 1. Titulares do ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente, tendo em consideração a classificação final da habilitação com que se candidatam.
    2. Titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional, tendo em consideração a classificação final da habilitação com que se candidatam.
    3. Candidatos que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas do 10º e 11º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pelo ISAG, tendo em consideração a classificação final da prova de avaliação de capacidade.
    4. Candidatos que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de março, tendo em consideração a classificação final obtida na referida prova.

    HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

  • Regime laboral ou pós-laboral;


  • Informações: Cursos Técnicos Superiores Profissionais

    TelefoneTelef: 220 303 200 ou 220 303 239
    Correio Electrónicoemail: ingressos@isag.pt
    Horário: 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 21h30

    Diplomas

    • Técnico Superior Profissional em Contabilidade e Fiscalidade

    Planos de Estudo